Em pronunciamento, presidente Jair Bolsonaro pede adiamento de manifestações devido ao coronavírus

0
7

Durante pronunciamento transmitido em rede nacional de televisão na última quinta-feira (12), o presidente da República, Jair Bolsonaro, falou sobre a situação do Brasil diante do avanço do coronavírus. Em seu discurso, Bolsonaro afirmou que as autoridades brasileiras estão atentas e que não há motivo para pânico diante de novos casos do Covid-19, afirmando ainda que a doença está classificada como pandemia.

O presidente afirmou ainda que o governo está pronto para manter o quadro sob controle, mas que o número de infectados pode aumentar nos próximos dias.

Quanto às manifestações populares marcadas para este domingo (15), em apoio ao governo e contra o Congresso Nacional, Jair Bolsonaro disse que são legítimas, mas fez um alerta sobre a doença.

Minutos antes do pronunciamento ir ao ar, o presidente gravou uma live falando sobre a doença e afirmou que era melhor evitar uma “explosão” de pessoas infectadas.

Bolsonaro afirmou que um número muito grande de pessoas poderia ser infectada com a doença e sugeriu que as manifestações sejam adiadas.