Coronavírus causa interdição em igreja onde Jesus nasceu, em Belém

0
6

A disseminação do novo coronavírus em vários países do mundo elevou o receio de contaminação nos locais de maior aglomeração de pessoas. Igrejas, estádios, escolas e universidades, por exemplo, se tornaram alvos de preocupação, incluindo o templo onde segundo a história cristã Jesus nasceu,  a Igreja da Natividade, em Belém.

Por causa da necessidade de prevenção contra o coronavírus, autoridades da Palestina resolveram interditar a Igreja da Natividade, construída há quase 1.700 anos, para visitações na última quinta-feira (05), especialmente após a confirmação de sete casos na cidade.

Na última quarta-feira (11), a OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou estado de pandemia mundial do coronavírus, alertando os países para a necessidade de estabelecerem novas políticas de contenção do vírus.

Segundo a Agência Brasil, a OMS tem tratado da disseminação do Covid-19 em uma escala de tempo muito curta.  O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, declarou que o órgão está preocupado com os níveis alarmantes de contaminação e também de falta de ação de governantes.   “Por essa razão, consideramos que o Covid-19 pode ser caracterizado como uma pandemia”, disse durante a conferência de imprensa em Genebra.